Origens

A Robótica Educacional é uma das ações que está inserida no Projeto de Educação Tecnológica da Secretaria Municipal de Educação (SMED) de Porto Alegre desde o ano de 2007. A atividade iniciou com a compra de kits de robótica educacional semiestruturados do tipo LEGO® Mindstorms 9793 com controlador RCX destinados ao trabalho com alunos do 5o. ao 9o. ano do Ensino Fundamental da Rede Municipal de Educação de Porto Alegre. Os professores que se interessaram em trabalhar com o material foram capacitados em 2007 através de cursos de formação realizados pela LEGO® do Brasil e EDACOM para o trabalho com o material. A partir dessa formação os professores começaram a desenvolver atividades com os kits de robótica nas suas turmas de atuação.
Em outubro de 2007 as escolas municipais que desenvolviam a atividade, foram convidadas a participar do primeiro campeonato de Robótica Educacional First Lego League (FLL) promovido pela First do Brasil e organizado pela SMED e PROCEMPA como forma de alavancar o trabalho com robótica na Rede Municipal de Porto Alegre.
 O evento aconteceu no Ginásio Tesourinha em Porto Alegre / RS e motivou sobremaneira alunos e professores da Rede Municipal para o trabalho com Robótica Educacional nas escolas.
“A Robótica Educacional é uma atividade que reúne construção e programação de robôs e pode ser desenvolvida na escola utilizando kits comercializados no mercado brasileiro ou sucata eletrônica. A aula geralmente é direcionada para a construção de um protótipo e posteriormente é feita a programação através do computador e um software de programação. A montagem é o momento onde os alunos se utilizam de blocos, peças ou placas que se movimentarão autonomamente após serem programados através do software no computador. A atividade pode se desenvolver individualmente, em duplas ou em grupo o que promove o trabalho cooperativo e integrado. Além de ser uma atividade educacional que trabalha com a construção e programação de objetos concretos, também possibilita a reflexão por meio da resolução de uma série de problemas desencadeados ao longo do processo de criação. A Robótica Educacional em nível escolar também é uma atividade lúdica onde os sujeitos se deparam com uma porção de peças que possibilita a construção de objetos que simulam o real, mas que parecem brinquedos e que demanda um esforço cognitivo para sua construção e programação para funcionar de forma autônoma como um robô.” (CABRAL, 2011)

No ano de 2008 o projeto de Robótica Educacional na Rede Municipal de Educação de Porto Alegre/RS prosseguiu com as devidas adequações de espaços e horários nas escolas para que as aulas acontecessem cada vez com maior eficiência pedagógica dentro dos horários das disciplinas de sala de aula. Tal experiência não se mostrou positiva uma vez que o material (muito caro e delicado) corria riscos ao ser transportado de sala em sala de aula para cada atividade de Robótica Educacional. Então no ano de 2009 as escolas que estavam trabalhando com o material receberam carga horária específica para esse trabalho em uma sala também específica para a atividade.
Na nossa escola EMEF Heitor Villa Lobos, a Robótica Educacional também passou a ser oferecida, a partir de 2009, como oficina de trabalho no turno inverso ao de aula. Através de um convite para alunos de B30 até C30 (5º. ao 9º. ano do Ensino Fundamental) os alunos que se interessaram pela atividade passaram a freqüentar aulas de robótica, e os alunos que se destacaram nessas aulas foram convidados a integrar a Equipe de Robótica da escola. Durante esse ano a Equipe participou de vários eventos para divulgar o trabalho de robótica realizado na escola e também participou de alguns campeonatos de Robótica Educacional.
Nos anos seguintes (2010 e 2011) manteve-se a mesma sistemática de funcionamento das aulas de robótica no turno inverso ao da aula regular e Equipe de Robótica na EMEF Heitor Villa Lobos. A fusão do nome da escola com a palavra “robótica” deu origem ao nome “Lobóticos”, para a Equipe de Robótica. No ano de 2011 nossa escola, entre as escolas que trabalharam intensamente com a robótica desde o início do projeto, recebeu mais horas de trabalho específico para a atividade de robótica educacional na escola e o projeto passou a atender cerca de 50 alunos nas aulas de Robótica Educacional ao longo de quatro turnos e uma Equipe de Robótica Educacional composta por 10 alunos.
Observou-se grande interesse e empenho dos alunos nas aulas de Robótica Educacional, além de melhora no comportamento dos alunos em sala de aula relatada por professores. A atividade que envolve, construção, programação e resolução, mostrou-se uma ferramenta que potencializa a aprendizagem e o interesse dos alunos pela escola. A Equipe de Robótica continuou participando de competições e passou a demonstrar excelente desempenho em campeonatos de Robótica Educacional e conquistou títulos importantíssimos no cenário regional e nacional tais como Bi-Campeã na Etapa Regional da First Lego League(FLL) em 2010 e 2011; Vice-Campeã da Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR) em 2011 e Campeã da Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR) em 2012 tornando-se referência em Robótica Educacional no estado e no país.
Tal desempenho despertou o interesse de muitos alunos da escola pela atividade, e por se tratar de uma escola localizada na periferia de Porto Alegre que atende à população de baixa renda, a atividade transformou-se num meio de “empoderamento” desses jovens que afirmam sua identidade através de ações positivas que transformam sua realidade e o meio em que vivem. Assim, desde então, o Projeto de Robótica Educacional na EMEF Heitor Villa Lobos obteve um crescimento exponencial.
No ano de 2012 a Equipe consagrou-se com a sua primeira participação em um campeonato mundial de Robótica Educacional chamado ROBOCUP que aconteceu na cidade do México em junho de 2012. Tal participação foi assegurada ao conquistar o vice-campeonato da Olimpíada Brasileira de Robótica em 2011
No mês seguinte do retorno do Campeonato Mundial para o Brasil, a Equipe Lobóticos, participou com 41 equipes de todo o estado e venceu novamente a etapa regional/RS da OBR, garantindo uma vaga para participar novamente da Etapa Brasileira da Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR) em Fortaleza/CE.
Na Etapa Nacional que aconteceu em outubro/2012 os alunos demonstraram muita paciência e perseverança para resolver os problemas de construção e programação do robô. Durante a competição os alunos não queriam interromper o trabalho nem mesmo para se alimentar, chegando a trabalhar 12 horas seguidas por dia para resolver os problemas do robô. Com tanta determinação a Equipe Lobóticos conquistou o PRIMEIRO LUGAR na Olimpíada Brasileira de Robótica categoria Resgate Junior demonstrando um excelente desempenho como pode ser observado no quadro de pontuações finais reproduzido abaixo.
 No mesmo evento em Fortaleza/CE, mas na Competição Brasileira de Robótica (CBR) a Equipe participou da categoria Dança de Robôs – Nível 1 com a apresentação "O Circo". A atividade integrou dois grupos da Escola Villa Lobos o Grupo de Contação de Histórias Contando e Encantando coordenado pela Prof. Juliana Dalmann e a Equipe de Robótica Educacional Lobóticos coordenado pela Prof. Cristiane Cabral.
A apresentação foi desenvolvida de maneira integrada proporcionando uma atividade interdisciplinar. A concepção da coreografia ficou à cargo da Prof. Juliana Dalmann, bem como todo o figurino foi confeccionado com fantasias utilizadas pelo Grupo Contando e Encantando. Os alunos foram maquiados também pela Prof. Juliana Dalmann. Coube à Equipe Lobóticos a construção e a programação dos robôs utilizados na apresentação. A Equipe conquistou o PRIMEIRO LUGAR na Competição Brasileira de Robótica na categoria Dança de Robôs - Nível 1 em Fortaleza.
Com o Primeiro lugar conquistado na Olimpíada Brasileira de Robótica e na Competição Brasileira de Robótica a Equipe Lobóticos de Robótica Educacional da EMEF Heitor Villa Lobos garantiu vagas para participar da Robocup que aconteceu no mês de junho/ 2013 na cidade de Heindhoven/Holanda.
 Além da participação em eventos competitivos, a Equipe de Robótica coordena atividades recreativas na própria escola para os alunos que iniciam na robótica como a Feira de Ciências e a Festa Junina onde os alunos constroem uma “pescaria automatizada” que é muito procurada na Festa Junina.

 
      Desde 2012 os alunos com mais experiência na Equipe de Robótica Educacional foram convidados a ministrar oficinas de Robótica Educacional para alunos do 3º. ano ao 5º. ano do Ensino Fundamental. Os alunos recebem uma ajuda mensal através do Programa Mais Educação do Governo Federal que objetiva proporcionar a integralização do ensino nos dois turnos (manhã e tarde). Tal experiência tem se mostrado mais uma oportunidade de “empoderamento” desses jovens que afirmam sua identidade através de ações positivas que transformam sua realidade e o meio em que vivem.
       O Projeto de Robótica Educacional também desenvolve pesquisas na área da tecnologia e automação onde destaca-se a pesquisa “Carro Movido à Energia Solar como alternativa ao uso de Carroças em Porto Alegre que recebeu bolsa de Iniciação Científica no ano de 2013 para aperfeiçoamento. Já a investigação “Dispositivo de ampliação de imagens construído com sucata para ajudar deficientes visuais na leitura e visualização de materiais impressos” recebeu o Prêmio Destaque no Salão UFRGS Jovem de 2011 e certificação de Tecnologia Social pelo Prêmio Banco do Brasil de Tecnologias Sociais em 2013. A pesquisa “Estufa Agrícola Automatizada para a produção de alimentos orgânicos” recebeu Prêmio Destaque no Salão UFRGS Jovem de 2012 e Destaque da Feira de Ciências e Inovação do MCT-PUCRS edição 2012 como podemos observar nas imagens abaixo:
           Em junho de 2013 a Equipe Participou do Campeonato Mundial RoboCup na cidade de Eindhoven na Holanda nas categorias Resgate de Robôs – Nível 1 e Dança de Robôs – Nível 1 alcançando excelentes resultados. Na competição Resgate a Equipe Lobóticos alcançou o 13º. Lugar no Ranking Mundial entre 31 equipes do mundo inteiro subindo 10 posições em comparação ao seu desempenho no ano anterior na RoboCup/México. Já na Dança de Robôs, a Equipe classificou-se entre as 10 melhores equipes do mundo e conquistou o Prêmio de Campeã Mundial na Categoria Técnica no SuperTeam.
            Com os resultados alcançados a Equipe Lobóticos está automaticamente classificada para participar da Etapa Brasileira da Olimpíada Brasileira de Robótica que acontecerá na Universidade de Fortaleza (UNIFOR) em Fortaleza/CE no mês de outubro/2013.